USDA aponta aumento na produção mundial de café 2020/21 para 175,5 milhões de sacas

547


     Porto Alegre, 14 de dezembro de 2020 – A produção mundial de café na temporada 2020/21 deverá chegar a um total de 175,5 milhões de sacas, com aumento de 4,15% no comparativo com a safra 2019/20, indicada em 168,5 milhões de sacas. A estimativa parte de relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O USDA revisou para cima a safra de 2019/20, antes indicada em 166,9 milhões de sacas.

     Segundo o USDA, o principal motivo para este aumento vem da maior safra brasileira de café arábica na temporada 2020/21. O USDA indica que os estoques mundiais de café devem crescer ao maior nível em 6 anos com o superávit na oferta global.

     O USDA coloca que a produção brasileira de café arábica em 2020/21 deve atingir 47,8 milhões de sacas, 5,8 milhões de sacas a mais que em 2019/20, devido ao ciclo bienal da cultura. O Vietnã deve colher 29 milhões de sacas, com queda de 2,3 milhões de sacas no comparativo com 2019/20, que foi recorde produtivo. A produção de arábica na Colômbia está estável em 2020/21 em 14,1 milhões de sacas. A Indonésia também tem previsão de estabilidade em 2020/21 em 10,7 milhões de sacas.

     As exportações mundiais de café em 2020/21 são indicadas pelo USDA em 117,5 milhões de sacas, no comparativo com 117,2 milhões de sacas de 2019/20.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA