Ações da Ásia fecham em alta com tecnologia e estímulos na China

968

     Porto Alegre, 23 de dezembro de 2020 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam em com, seguindo os ganhos de ontem no setor de tecnologia norte-americano, e na expectativa por novos estímulos da China para impulsionar a economia.

     A Nasdaq renovou máxima no pregão de ontem em meio ao entusiasmo dos investidores com a notícia de que a Apple retomou o plano de produzir carros elétricos com uma bateria inovadora. O segmento de tecnologia também avançou na Ásia.

     Além disso, os investidores esperam que a China evite um aperto repentino nas políticas de estímulos em 2021 para apoiar uma recuperação econômica da crise induzida pela pandemia de covid-19.

     Os investidores acompanham ainda os acontecimentos em torno do pacote de estímulos nos Estados Unidos, após o presidente do país, Donald Trump, exigir um aumento nos pagamentos diretos aos norte-americanos de US$ 600 no projeto de lei atual para US$ 2 mil.

     “Os futuros dos Estados Unidos caíram inicialmente com as notícias, mas rapidamente se recuperaram, com todos os três principais índices situando-se ligeiramente abaixo da linha plana”, de acordo com o analista do FXTM, Hussein Sayed.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices asiáticos:

     Nikkei 225 (Tóquio): +0,33%, 26.524,79 pontos

     Hang Seng (Hong Kong): +0,75%, 26.343,10 pontos

     Xangai Composto (Xangai): +0,76%, 3.382,32 pontos

     Kospi (Seul): +0,96%, 2.759,82 pontos

     Veja a variação dos índices no acumulado da semana:

     Nikkei 225 (Tóquio): -0,89%

     Hang Seng (Hong Kong): -0,59%

     Xangai Composto (Xangai): -0,37%

     Kospi (Seul): -0,45%

     Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA