Acompanhando recuperação externa, preços do algodão sobem no Brasil

35

     Porto Alegre, 11 de junho de 2021 – Em linha com a recuperação das cotações internacionais, o mercado brasileiro de algodão fecha a semana com recuperação. No polo industrial paulista, a fibra era cotada a R$ 5,04 por libra-peso nesta quinta-feira (10), ante R$ 4,99 no dia 2 de junho. Comparado ao mesmo período do mês e do ano passado, acumulava queda de 1,2% e alta de 85,98%, respectivamente.

     No FOB exportação do porto de Santos/SP, o produto brasileiro fechou o dia 10 indicado a 97,47 centavos de dólar por libra-peso (c/lb). Ante ao contrato julho/21 da Ice Futures, a pluma brasileira encerrou cotada a um valor 11,6% superior. Há uma semana, era 13,5% superior.

     Conforme o analista de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, os reportes de negócios seguem sendo pontuais, com os produtores voltados para o início dos trabalhos de colheita. “E com as indústrias adotando uma posição defensiva e adquirindo apenas para atender necessidades imediatas”, completa.

     O mês de maio entrou para a história das exportações brasileiras de algodão. Com 115.243 toneladas comercializadas, o país ampliou em 66% o volume registrado em maio de 2020. É o melhor mês de maio de toda a história da cotonicultura brasileira. 

     Os dados são do sistema de comércio exterior (Comex Stat) do Ministério da Economia e mostram ainda que no ciclo 2020/21 as exportações da fibra somam 2,235 milhões de toneladas. Mesmo ainda faltando dois meses para que o ano comercial se encerre, o desempenho até aqui já é 23% superior aos números da temporada 2019/20. 

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA