Açúcar estende ganhos em Nova York com correção técnica

242

    Porto Alegre, 16 de dezembro de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures US) para o açúcar bruto encerrou o pregão eletrônico com cotações mais altas.

     Conforme operadores consultados pela Reuters, o mercado seguiu recuperando terreno, com correção técnica, depois de estabelecer mínimas de seis semanas nas últimas duas sessões, quando os contratos com entrega em março tocaram em 14,09 centavos de dólar por libra-peso. Indicações de que o Brasil terá uma safra menor em 2021 após o recorde obtido em 2020 contribuíram para um sentimento mais positivo.

     Analistas apontam que os futuros do açúcar bruto têm sido pressionados por temores de novas revisões pessimistas quanto à demanda global diante do avanço dos casos de Covid-19, além da decisão da Índia de manter subsídios à exportação, que resultarão em incremento de oferta no cenário internacional.

     Nesta quarta-feira, o governo da Índia autorizou pagamentos para auxiliar a exportação de seis milhões de toneladas ao longo de 2020/21, temporada que iniciou em 01 de outubro.

    Os contratos com entrega em março/2021 encerraram o dia a 14,49 centavos de dólar por libra-peso, alta de 0,28 centavo (2%) em relação ao fechamento anterior. A posição maio/2021 fechou cotada a 13,85 centavos, ganho de 0,22 centavo (1,6%).

      Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA