Algodão recua em NY na expectativa para relatórios do USDA

102

     Porto Alegre, 11 de agosto de 2021 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE  Futures US) para o algodão fechou com preços mais baixos nesta quarta-feira.

     As cotações recuaram com o mercado apresentando correção técnica e realização de lucros e na expectativa para a divulgação dos dois relatórios do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que serão apresentados nesta quinta-feira. Serão apresentados o relatório semanal com as exportações americanas e as estimativas de oferta e demanda mensais.

     Em relação ao relatório de oferta e demanda, o USDA deve trazer uma revisão para cima na estimativa de produção de algodão do país, além dos estoques finais para 2021. Já as previsões para as exportações norte-americanas devem ser levemente elevadas.

     Segundo traders consultados pela AgFax, a produção deve somar 18,15 milhões de fardos, ante 17,8 milhões no relatório passado. Os estoques finais norte-americanos devem ser previstos em 3,5 milhões de fardos, ante 3,3 milhões no mês anterior.

     No âmbito global, os estoques devem somar 88,14 milhões de toneladas, ante 87,74 milhões de toneladas em julho.

     Os contratos com entrega em outubro/2021 fecharam no dia a 91,64 centavos de dólar por libra-peso, com baixa de 1,10 centavo, ou de 1,2%. Dezembro/2021 fechou a 91,22 centavos, com desvalorização de 1,10 centavo, ou de 1,2%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA