Alta de Chicago deve assegurar elevação nas cotações internas da soja

118

     Porto Alegre, 6 de maio de 2021 – O destaque inicial para o mercado de soja nesta quinta é a boa valorização dos contratos futuros na Bolsa de Mercadorias de Chicago. Em contrapartida, o dólar recua frente ao real. Os prêmios seguem recuando. Diante desse cenário, os preços tendem a subir, mas a movimentação deve permanecer limitada.

     Com Chicago perto da estabilidade e dólar recuando forte, as cotações da soja oscilaram entre inalteradas e mais baixas na quarta. O mercado travou, com compradores e vendedores retraídos.

     Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos baixou de R$ 177,00 para R$ 176,00. Na região das Missões, a cotação recuou de R$ 176,00 para R$ 175,00. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 180,00 para R$ 178,00.

     Em Cascavel, no Paraná, o preço caiu de R$ 175,00 para R$ 173,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca baixou de R$ 181,00 para R$ 179,00.

     Em Rondonópolis (MT), a saca permaneceu em R$ 171,00. Em Dourados (MS), a cotação seguiu em R$ 165,00. Em Rio Verde (GO), a saca permaneceu em R$ 170,00.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em julho operam com alta de 1,03%, cotados a US$ 15,58 por bushel.

* O mercado dispara, com o grão e o óleo liderando os ganhos do complexo.

* A demanda aquecida pelo produto norte-americano continua como fator de suporte.

* Os agentes também seguem atentos ao clima e o avanço do plantio nos Estados Unidos.

PREMIOS

* O prêmio em Paranaguá para maio ficou em -45 e -15 sobre Chicago. Para junho, o prêmio é de -23 a -20.

CÂMBIO

*O dólar comercial registra baixa de 0,07% a R$ 5,359.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, -0,16%. Tóquio, +1,8%.

* As principais bolsas na Europa registram índices mistos. Paris, -0,01%. Londres, +0,09%.

* O petróleo opera em baixa. Junho do WTI em NY: US$ 65,01 o barril (-0,94%).

* O Dollar Index registra perda de 0,32% a 91,02 pontos.

AGENDA

– Estimativa para a safra mundial de grãos – AMIS/FAO, na parte da manhã.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (7/05)

– China: A balança comercial de abril será publicada na noite anterior pela alfândega.

– Alemanha: A produção industrial de março será publicada às 3h pelo Ministério de Economia e Tecnologia.

– Alemanha: O resultado da balança comercial e do balanço de pagamentos de março será publicado às 3h pelo Destatis.

– EUA: O número de empregos criados ou perdidos pela economia (payroll) e a taxa de desemprego referentes a abril serão publicados às 9h30 pelo

Departamento do Trabalho.

– IGP-DI de abril – FGV, 8hs.

– Dados do desenvolvimento das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, no início do dia.

– Dados do setor automotivo de abril – Anfavea, a partir das 10hs.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Evolução da colheita de soja no Brasil – SAFRAS, na parte da tarde.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA