Alta em NY e em Londres podem sustentar preços domésticos do café

152

    Porto Alegre, 03 de fevereiro de 2021 – A alta para o café arábica na Bolsa de Nova York nesta manhã pode servir de suporte aos preços domésticos da commodity. O robusta também sobe na Bolsa de Londres. Já o dólar, que abriu em alta, mudou de direção e agora tem perdas, o que é desfavorável à cotação do café. 

     O mercado físico brasileiro de café registrou preços mais baixos nesta terça-feira. As cotações cederam diante da combinação de queda para o arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) e para o robusta em Londres e desvalorização também forte do dólar. Diante disso, os compradores se afastaram e os vendedores ficaram ainda mais retraídos, travando a comercialização.

     No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa com 15% de catação terminou o dia em R$ 665,00/670,00 a saca, no comparativo com R$ 675,00/680,00 do dia anterior. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de R$ 670,00/675,00, contra R$ 680,00/685,00 de ontem.

     Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 450,00/455,00, contra R$ 460,00/465,00 de ontem. O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 10,00/415,00 a saca, contra R$ 420,00/425,00 anteriormente.

OIC

* As exportações de café dos países membros e não-membros da OIC totalizaram 10,970 milhões de sacas de 60 quilos em dezembro, terceiro mês da safra mundial 2020/21 (outubro/setembro), contra 10,812 milhões de sacas registradas no mesmo mês de 2019, elevação de 1,5%. As exportações acumuladas dos três primeiros meses da safra 2020/21 (entre outubro e dezembro) somaram 31,594 milhões de sacas, alta de 6,1% em relação ao mesmo período de 2019/20, quando foram embarcadas 29,785 milhões de sacas.

* Conforme a OIC, o Brasil exportou 4,260 milhões de sacas de café em dezembro, contra 3,073 milhões de sacas no mesmo mês de 2019, alta de 38,6%. Já entre outubro e dezembro de 2020, o maior produtor mundial exportou 13,498 milhões de sacas de café, contra 10,024 milhões de sacas no mesmo período de 2019, alta de 34,7%.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em março registram valorização de 0,76% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 124,35 centavos de dólar por libra-peso.

* A posição março fechou a 123,40 centavos de dólar por libra-peso, com queda de 1,95 centavo, ou de 1,5%.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra desvalorização de 0,16% a R$ 5,3450.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, -0,46%. Tóquio, +1,00%.

* As principais bolsas na Europa operam em alta. Paris, +0,25%; Frankfurt, +0,53%; e Londres, +0,04%.

* O petróleo opera com ganhos. Março do WTI em NY: US$ 55,16 o barril

(+0,73%).

* O Dollar Index registra alta de 0,18%, a 91,192 pontos.

AGENDA

—–Quarta-feira (3/02)

– A posição dos estoques de petróleo dos EUA até sexta-feira da semana passada será publicada às 12h30min pelo Departamento de Energia (DoE).

—–Quinta-feira (4/02)

– Reino Unido:  A decisão de política monetária será publicada às 9h pelo Banco da Inglaterra.

– Reino Unido:  O Relatório de Inflação, documento trimestral com projeções para a economia, será publicado às 9h pelo Banco da Inglaterra.

– Dados de exportação, vendas e produção de máquinas agrícolas em janeiro – Anfavea, a partir das 10hs.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 10h30min.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (5/02)

– IGP-DI de janeiro – FGV, às 8hs.

– Dados do desenvolvimento das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, no início do dia.

– EUA: O número de empregos criados ou perdidos pela economia (payroll) e a taxa de desemprego referentes a janeiro serão publicados às 10h30 pelo Departamento do Trabalho.

– EUA: O resultado da balança comercial de dezembro será publicado às 10h30 pelo Departamento do Comércio.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Evolução da colheita de soja no Brasil – SAFRAS, no final da tarde.

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA

MONITOR CAFÉ: Alta em NY e em Londres podem sustentar preços domésticos

    Porto Alegre, 03 de fevereiro de 2021 – A alta para o café arábica na

Bolsa de Nova York nesta manhã pode servir de suporte aos preços domésticos da commodity. O robusta também sobe na Bolsa de Londres. Já o dólar, que abriu em alta, mudou de direção e agora tem perdas, o que é desfavorável à cotação do café. 

     O mercado físico brasileiro de café registrou preços mais baixos nesta terça-feira. As cotações cederam diante da combinação de queda para o arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) e para o robusta em Londres e desvalorização também forte do dólar. Diante disso, os compradores se afastaram e os vendedores ficaram ainda mais retraídos, travando a comercialização.

     No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa com 15% de catação terminou o dia em R$ 665,00/670,00 a saca, no comparativo com R$ 675,00/680,00 do dia anterior. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de R$ 670,00/675,00, contra R$ 680,00/685,00 de ontem.

     Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 450,00/455,00, contra R$ 460,00/465,00 de ontem. O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 10,00/415,00 a saca, contra R$ 420,00/425,00 anteriormente.

OIC

* As exportações de café dos países membros e não-membros da OIC totalizaram 10,970 milhões de sacas de 60 quilos em dezembro, terceiro mês da safra mundial 2020/21 (outubro/setembro), contra 10,812 milhões de sacas registradas no mesmo mês de 2019, elevação de 1,5%. As exportações acumuladas dos três primeiros meses da safra 2020/21 (entre outubro e dezembro) somaram 31,594 milhões de sacas, alta de 6,1% em relação ao mesmo período de 2019/20, quando foram embarcadas 29,785 milhões de sacas.

* Conforme a OIC, o Brasil exportou 4,260 milhões de sacas de café em dezembro, contra 3,073 milhões de sacas no mesmo mês de 2019, alta de 38,6%. Já entre outubro e dezembro de 2020, o maior produtor mundial exportou 13,498 milhões de sacas de café, contra 10,024 milhões de sacas no mesmo período de 2019, alta de 34,7%.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em março registram valorização de 0,76% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 124,35 centavos de dólar por libra-peso.

* A posição março fechou a 123,40 centavos de dólar por libra-peso, com queda de 1,95 centavo, ou de 1,5%.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra desvalorização de 0,16% a R$ 5,3450.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, -0,46%. Tóquio, +1,00%.

* As principais bolsas na Europa operam em alta. Paris, +0,25%; Frankfurt, +0,53%; e Londres, +0,04%.

* O petróleo opera com ganhos. Março do WTI em NY: US$ 55,16 o barril

(+0,73%).

* O Dollar Index registra alta de 0,18%, a 91,192 pontos.

AGENDA

—–Quarta-feira (3/02)

– A posição dos estoques de petróleo dos EUA até sexta-feira da semana passada será publicada às 12h30min pelo Departamento de Energia (DoE).

—–Quinta-feira (4/02)

– Reino Unido:  A decisão de política monetária será publicada às 9h pelo Banco da Inglaterra.

– Reino Unido:  O Relatório de Inflação, documento trimestral com projeções para a economia, será publicado às 9h pelo Banco da Inglaterra.

– Dados de exportação, vendas e produção de máquinas agrícolas em janeiro – Anfavea, a partir das 10hs.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 10h30min.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (5/02)

– IGP-DI de janeiro – FGV, às 8hs.

– Dados do desenvolvimento das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, no início do dia.

– EUA: O número de empregos criados ou perdidos pela economia (payroll) e a taxa de desemprego referentes a janeiro serão publicados às 10h30 pelo Departamento do Trabalho.

– EUA: O resultado da balança comercial de dezembro será publicado às 10h30 pelo Departamento do Comércio.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Evolução da colheita de soja no Brasil – SAFRAS, no final da tarde.

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA