Aperto da oferta dá o tom dos negócios e futuros do petróleo avançam no dia e na semana

162

   Porto Alegre, 22 de outubro de 2021 – Os preços dos contratos futuros de petróleo se recuperam das perdas da sessão anterior e terminaram o dia com mais de 1% de alta, com os investidores se concentrando novamente no contínuo aperto de oferta. Na semana, os futuros consolidaram o novo ganho consecutivo. 

   As cotações fecharam com mais de 1% de queda ontem em um movimento de correção e também em meio à redução dos preços do carvão e do gás, diminuindo a troca de combustível que alimentou a demanda por produtos petrolíferos para energia.

   “Os recentes aumentos na oferta são dados encorajadores e o clima quente pode ajudar a evitar um grande aperto nos preços. O mercado de gás natural, na minha opinião, não está fora de perigo. Qualquer mudança no clima deve deixar o mercado em alta”, disse o analista sênior de mercado do The Price Futures Group, Phil Flynn.

   A Administração de Informação de Energia dos Estados Unidos (EIA, na sigla em inglês) informou ontem que cerca de um terço a mais de gás do que o normal foi adicionado aos estoques norte-americanos na semana passada, o mais recente em um trecho de acúmulos semanais acima da média. Os estoques que terminaram em agosto em 7,7% abaixo da média recente estão agora apenas 4,2% menores, de acordo com dados da EIA.

   O estrategista em commodities do ING, Warren Patterson, chama atenção ainda para os comentários do presidente russo, Vladimir Putin, indicando que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados estão aumentando a produção acima do acordado. O pacto do grupo conhecido como Opep+ prevê o aumento em 400 mil barris por dia (bpd) na oferta e esse acerto é avaliado mês a mês levando em consideração o equilíbrio do mercado.

   “Continuamos a acreditar que, com a redução dos estoques no restante deste ano, juntamente com a Opep+ adotando uma abordagem cautelosa no aumento da produção, os preços do petróleo permanecerão bem sustentados pelo restante de 2021”, afirmou Patterson.

   Com isso, o preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para dezembro subiu 1,53%, cotado a US$ 83,76 o barril, acumulando ganho de 1,06% na semana. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para o mesmo mês avançou 1,09%, cotado a US$ 85,53 o barril, acumulando alta semanal de 0,79%.

     Com informações da Agência CMA.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA