Boa alta em NY pode influenciar mercado interno de café

611

     Porto Alegre, 23 de dezembro de 2020 – O mercado brasileiro de café deve ser influenciado positivamente nesta quarta-feira pelo bom desempenho da commodity na Bolsa de Nova York. O dólar, porém, mostra fraqueza. Com a proximidade do feriado de Natal, os negócios devem ser escassos.

     O mercado físico brasileiro de café registrou cotações estáveis nesta terça-feira. A volatilidade, com fechamento com preços pouco alterados, na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) contribuiu para a manutenção dos valores o café no Brasil, com o dólar sustentando o mercado. O ritmo dos negócios foi vagaroso ante esse sobe-e-desce da Bolsa.

     No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa com 15% de catação encerrou o dia em R$ 590,00/595,00 a saca, inalterado. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de R$ 595,00/600,00 a saca, estável.

     Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 405,00/410,00 a saca, estável. O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 400,00/405,00 a saca, inalterado.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em março de 2021 registram valorização de 0,88% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 125,30 centavos de dólar por libra-peso.

* Os contratos com entrega em março/2021 fecharam a terça-feira a 124,20 centavos de dólar por libra-peso, com queda de 0,10 centavo, ou de 0,1%.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra desvalorização de 0,21% a R$ 5,1520.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram em alta. Xangai, +0,76%. Tóquio, +0,33%.

* As principais bolsas na Europa operam em alta predominante. Paris, +0,49%; e Londres, -0,08%.

* O petróleo opera com leves ganhos. Janeiro do WTI em NY: US$ 47,08 o barril (+0,12%).

* O Dollar Index registra alta de 0,22%, a 90,343 pontos.

AGENDA

—–Quarta-feira (23/12)

– A posição dos estoques de petróleo até sexta-feira da semana passada será publicada às 12h30 pelo Departamento de Energia (DoE).

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 10h30min.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

—–Quinta-feira (24/12)

– Véspera de Natal.

—–Sexta-feira (25/12)

– Natal.

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA