Bolsas da Ásia fecham em queda predominante com Evergrande

110

     Porto Alegre, 21 de outubro de 2021 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam o pregão em queda predominante, com baixa de quase 2% em Tóquio puxada por ações de eletrônicos, e em meio a renovados temores sobre a endividada incorporadora chinesa Evergrande.

     “A sessão foi negativa no Japão, com o Nikkei 225 arrastado para baixo por quedas nas ações de eletrônicos, devido à continuação das

preocupações com custos mais elevados para empréstimos e matérias-primas, embora as expectativas de bons resultados das empresas nacionais limitassem as perdas”, disse o analista do IG, Diego Morin.

     Os investidores também permaneceram focados em quaisquer acontecimentos relacionados a políticas antes das eleições da Câmara dos Deputados no Japão no final deste mês.

     Além disso, a China Evergrande Group cancelou os planos de vender uma participação majoritária em sua unidade de gestão imobiliária pelo equivalente a US$ 2,6 bilhões, um grande revés nas tentativas do gigante do setor imobiliário de aliviar sua crise de liquidez.

     As ações da Evergrande, que foram suspensas da Bolsa de Hong Kong a pedido da empresa em 4 de outubro, aguardando uma importante transação, retomaram as negociações na quinta-feira e imediatamente caíram drasticamente.

     “O mercado de ações de Hong Kong também terminou negativo depois que as ações da Evergrande despencaram mais de 14% em seu retorno às negociações, quase três semanas depois, quando se soube que o negócio para vender uma participação no valor de US$ 2,6 bilhões de sua unidade de serviços imobiliários falhou”, disse Morin.

     Por fim, o analista destacou que o sentimento do mercado continua a ser amplamente dominado pelos resultados corporativos trimestrais, crises de energia, gargalos de oferta global que colocam a recuperação econômica em risco e também pelos planos do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) para começar a reduzir o estímulo monetário.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices asiáticos:

     Nikkei 225 (Tóquio): -1,87%, 28.708,58 pontos

     Hang Seng (Hong Kong): -0,45%, 26.017,53 pontos

     Xangai Composto (Xangai): +0,22%, 3.594,78 pontos

     Kospi (Seul): -0,19%, 3.007,33 pontos

     Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA