CAFÉ: NY fecha em alta com queda do dólar e apreensão com clima no Brasil

141

     Porto Alegre, 20 de abril de 2021 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta terça-feira com preços mais altos.

     As cotações avançaram diante da queda do dólar contra o real no Brasil. Além disso, a apreensão com o clima seco no Brasil, para o final do desenvolvimento dos grãos com vistas à safra de 2021 e também para safras futuras, deu sustentação. Também há preocupação com as indicações de que esteve inverno poderá trazer maiores riscos de geadas com a passagem de massas de ar polar no cinturão cafeeiro. Fatores técnicos contribuíram para os ganhos.

     Os contratos com entrega em maio/2021 fecharam o dia a 132,45 centavos de dólar por libra-peso, com alta de 2,60 centavos, ou de 2,0%. A posição julho/2021 fechou a 134,45 centavos, elevação de 2,55 centavos, ou de 1,9%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA