Chicago fecha em alta firme com menores estoques globais de trigo em 20/21

118

Porto Alegre 9 de março de 2021 – A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços significativamente mais altos. O mercado buscou suporte nos sinais de menores estoques globais ao final da temporada. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou seu relatório mensal de oferta e demanda.

A produção do cereal nos Estados Unidos em 2020/21 é estimada em 1,826 bilhão de bushels, mesmo volume de fevereiro. Para a safra 2019/20, a produção estadunidense ficou em 1,932 bilhão de bushels.

Os estoques finais do país em 2020/21 foram projetados em 836 milhões de bushels, mesmo volume de fevereiro e contra 1,028 bilhão de bushels em 2019/20. O mercado esperava 836 milhões de bushels.

A safra mundial de trigo em 2020/21 é estimada em 776,78 milhões de toneladas, contra 773,44 milhões de toneladas em fevereiro. Para 2019/20, o número ficou em 763,92 milhões de toneladas.

No fechamento de hoje, os contratos com entrega em maio de 2021 eram cotados a US$ 6,56 1/2 por bushel, ganho de 10,00 centavos de dólar, ou 1,54%, em relação ao fechamento anterior. Os contratos com entrega em julho de 2021 eram negociados a US$ 6,48, alta de 7,50 centavos de dólar, ou 1,17%, em relação ao fechamento anterior.

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA