Com entrada da safra de arroz, preço gaúcho volta a cair

89

     Porto Alegre, 19 de fevereiro de 2021 – Os preços do arroz voltaram a mostrar fraqueza no mercado brasileiro na terceira semana de fevereiro, reflexo da entrada da safra nova no país. “O mercado doméstico mantém ritmo lento de negociações, com compradores e produtores de olho na colheita e no clima no Rio Grande do Sul”, destaca o analista de SAFRAS & Mercado, Gabriel Viana.

     Na média do Rio Grande do Sul, a saca de 50 quilos do arroz em casca encerrou a quinta-feira (18) cotada a R$ 87,85, ante R$ 88,25 no dia 11. Há um recuo de 2,82% frente ao mês anterior e alta de 73,86% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

     Segundo a Emater, a colheita do arroz no Rio Grande do Sul atinge 3% da área. Na semana passada, os trabalhos chegavam a 1%. O percentual é o mesmo de igual período do ano passado e da média dos últimos cinco anos. A cultura segue com bom desenvolvimento no estado.

     O destaque da semana vai para a área cultivada com arroz na Argentina na safra 2020/2021, que foi estimada em 195 mil hectares, uma elevação de 2,6% sobre a temporada anterior, segundo dados de fevereiro divulgados pelo Ministério da Agroindústria daquele país. O número ficou estável frente ao mês passado. A área em 2019/20 somou 190 mil hectares e a produção atingiu 1,2 milhão de toneladas.

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA