Com oferta ajustada, preços do milho devem seguir subindo no Brasil

92

     Porto Alegre, 16 de abril de 2021 O mercado brasileiro de milho deve manter preços aquecidos, de estáveis a mais altos nesta sexta-feira. O quadro de oferta ajustado garante suporte, em meio às preocupações também com o clima seco para a safrinha. No cenário internacional a Bolsa de Chicago se recupera das perdas de ontem e avança.

     Ontem (15), o mercado brasileiro de milho seguiu com preços de estáveis a mais altos, alcançando novos recordes. Especialmente no Sul do Brasil as cotações vão avançando e batendo em R$ 100,00 a saca. O volume de ofertas segue limitado, justificando os avanços.

     No Porto de Santos, o preço ficou na faixa de R$ 83,00 a R$ 90,00 a saca (CIF). Já no Porto de Paranaguá, cotação entre R$ 82,00/95,00.

     No Paraná, a cotação ficou em R$ 100,00/102,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 97,00/100,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 100,00/102,00 a saca.

     No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 97,00/100,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 89,00/90,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 87,00/R$ 90,00 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, preço ficou a R$ 82,00/85,00 a saca em Rondonópolis.

CHICAGO

* Os contratos do milho com vencimento em maio operam com ganho de 2,00 centavos, ou 0,33%, cotados a US$ 5,92 por bushel.

* Após realizar lucros ontem, o mercado volta a buscar suporte nas preocupações com o clima adverso no início do plantio nos Estados Unidos. A forte demanda global pelo cereal também influencia positivamente.

* Ontem (15), os contratos de milho com entrega em maio/21 fecharam a US$ 5,90, baixa de 4,00 centavos de dólar, ou 0,67%, em relação ao fechamento anterior.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra valorização de 0,07% a R$ 5,631.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram firmes. Xangai, +0,81%. Tóquio,

+0,14%.

* As principais bolsas na Europa registram cotações firmes. Paris, +0,43%.

Londres, +0,53%.

* O petróleo opera em alta. Maio do WTI em NY: US$ 63,53 o barril (+0,11%).

* O Dollar Index registra baixa de 0,17% a 91,54 pontos.

AGENDA

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Evolução da colheita de soja no Brasil – SAFRAS, na parte da tarde.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA