Dólar sobe 0,15% na última sessão e encerra 2020 com alta de 29,27%

426

     Porto Alegre, 30 de dezembro de 2020 – O dólar comercial encerrou a última sessão do ano em alta de 0,15%, negociado a R$ 5,1890 para venda. Ao finalizar neste patamar, a moeda norte-americana registrou forte valorização de 29,27% ao longo de 2020. O último pregão do ano não reservou grandes emoções, já que foi dia de formação de Ptax, deixando a divisa operando perto da estabilidade durante boa parte do dia.

   “Sem notícias no front político ou econômico, o dia transcorreu como previsto. Uma forte disputa pela manhã e início da tarde para fixar a taxa Ptax do próximo mês e o restante da sessão de baixa liquidez e fraco

desempenho, com a moeda operando perto da estabilidade. Uma ligeira alta ou ligeira queda caberia tranquilamente para o dia”, explicou um analista de mercado de um grande banco.

   “O dólar seguiu volátil na semana em relação ao real, considerando intervenção do Banco Central com vendas de lotes da moeda e ao mesmo tempo com a proximidade do final do ano ocorrem ajustes nas posições cambiais overhedge(desmonte de posições de proteção cambial de empresas e bancos), além de remessas de lucro de multinacionais ao exterior”, explicou, em relatório, Pedro Galdi, analista de investimentos da Mirae Asset Corretoa.

   Profissionais das mesas de operação afirmam que o último dia de negócios com câmbio no Brasil foi marcado pela formação da Ptax de final de exercício e pela liquidez reduzida, o que deixou os negócios locais operando de maneira díspar em relação ao exterior. Porém, após o movimento em torno da taxa referencial, o dólar foi influenciado pelo humor externo.

   Ainda assim, a atuação do Banco Central no câmbio doméstico é destacada por especialistas. “Após injetar US$ 9,6 bilhões nos últimos dias para tornar o câmbio mais funcional e facilitar o desmonte de operações, o BC hoje não anunciou qualquer operação de swap cambial”, observa o economista-chefe do Modalmais, Álvaro Bandeira.

      As informações partem da Agência CMA.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA