Em dia volátil, açúcar reage e fecha em alta em NY, seguindo petróleo

77

    Porto Alegre, 13 de setembro de 2021 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures US) para o açúcar bruto encerrou o pregão eletrônico com cotações em alta.

   Os contratos com entrega em outubro/2021 encerraram o dia a 18,98 centavos de dólar por libra-peso, alta de 0,19 centavo (+1,01%) em relação ao fechamento anterior. A posição março/2022 fechou cotada a 19,69 centavos (+0,92%).

    Conforme operadores ouvidos pela Reuters, os futuros do açúcar bruto seguem pressionados por vendas por parte de fundos associadas com uma fraca demanda no mercado físico em meio a uma disparada no custo dos fretes marítimos em escala global.

      Nas intradiárias, a posição outubro bateu em 18,57 centavos, nível mais baixo desde o início de agosto, mas buscaram reação na valorização das cotações do petróleo e em cobertura de posições vendidas.

      A demanda parece ter caído mais rápido que a oferta. Desta forma, mesmo com uma redução de cerca de sete milhões de toneladas na produção brasileira, a temporada ainda terminará com excedente de oferta em termos globais.

      No entanto, analistas apontam que o viés de longo prazo é positivo por conta da possibilidade de uma safra de cana com baixa produtividade no Brasil no próximo ano por conta de adversidades climáticas e também em outras origens, associada com uma melhora na demanda na medida em que o mundo se recupera da pandemia de Covid-19.

      Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA