Algodão fecha sessão volátil com ganhos em NY, à espera do USDA

    71

         Porto Alegre, 07 de abril de 2021 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures US) para o algodão fechou com preços moderadamente mais altos nesta quarta-feira.

         O mercado teve uma sessão muito volátil, de altos e baixos. Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, o mercado oscilou bastante na espera dos relatórios de registros de exportação, nesta quinta-feira, e de oferta e demanda (sexta-feira), ambos pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

         Para Bento, em relação às vendas líquidas, a expectativa é de uma recuperação, depois do resultado decepcionante da semana passada. “Contudo, com o saldo exportável em grande parte comprometido, é normal que o ritmo de vendas recua”, diz.

         No que diz respeito ao relatório de oferta e demanda do USDA, os agentes esperam que a safra 2020/21 seja ligeiramente reduzida de 3,200 milhões de toneladas (t) para 3,172 milhões t, diz o consultor. As exportações devem ser de 3,392 milhões, acima dos 3,375 milhões anteriores. Os estoques norte-americanos são estimados pelos agentes em 895 mil t, contra 914 mil t do mês passado. Os estoques mundiais estão previstos em 20,559 milhões t, ante 20,594 milhões t de março.

         Os contratos com entrega em maio/2021 fecharam no dia a 79,50 centavos de dólar por libra-peso, alta de 0,28 centavo, ou de 0,3%. Julho/2021 fechou a 80,84 centavos, com valorização de 0,37 centavo, ou de 0,4%.

         Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

    Copyright 2021 – Grupo CMA