Café fecha em baixa em NY com correção técnica, alta do dólar e chuvas no Brasil

    35

         Porto Alegre, 02 de março de 2021 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta terça-feira com preços mais baixos.

         Na terceira sessão seguida de perdas, o mercado voltou a apresentar movimentos de vendas associados à realização de lucros, com correção técnica. A alta do dólar contra o real no Brasil pressionou para baixo também as cotações em NY.

          A previsão de chuvas e temperaturas amenas nessa semana no cinturão cafeeiro do Brasil fechou o cenário baixista. Essas condições climáticas atenuam os temores em torno de maiores quebras na safra brasileira de 2021. A safra será naturalmente menor pelo ciclo bienal da cultura, e há indicações de quebras pelo clima desfavorável de falta de chuvas e altas temperaturas sobretudo ao longo de 2020.

         Os contratos com entrega em maio/2021 fecharam o dia a 133,85 centavos de dólar por libra-peso, com perda de 1,95 centavo, ou de 1,4%. A posição julho/2021 fechou a 135,80 centavos, baixa de 1,95 centavo, ou de 1,4%.

         Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

    Copyright 2021 – Grupo CMA