Entrada da safra de arroz pressiona cotações em fevereiro

72

     Porto Alegre, 26 de fevereiro de 2021 – O mercado brasileiro de arroz mostrou fraqueza nos preços ao longo de fevereiro, diante da expectativa de entrada da safra gaúcha, principal produtor nacional. Na média do Rio Grande do Sul, a saca de 50 quilos do cereal em casca encerrou cotada a R$ 87,20 no dia 25 de fevereiro, recuo de 2,41% frente ao mesmo momento do mês anterior. Mas ainda tem alta de 75% quando comparada ao mesmo período do ano passado.

     Segundo a Emater, a colheita do arroz no Rio Grande do Sul atinge 5% da área. Na semana passada, os trabalhos chegavam a 3%. Em igual período do ano passado, a ceifa chegava a 6%. A média para os últimos cinco anos é de 6%. A cultura segue com bom desenvolvimento no estado.

     Para a nova temporada (2021/22), que se inicia em 1º de março, há expectativa de preços significativamente mais baixos frente aos praticados no primeiro semestre da temporada passada. “Com uma normalização da demanda doméstica, os preços devem seguir a sazonalidade de recuos no período de entrada de safra gaúcha, que ocorre entre março e início de maio”, explica o analista de SAFRAS & Mercado, Gabriel Viana.

     A estimativa da SAFRAS & Mercado é que a produção brasileira em 2020/21 (negociada na temporada 2021/22) deve ser de aproximadamente 11,5 milhões de toneladas, 2,5% acima da temporada passada. O número é baseado em um aumento de área de 3,1% no país. “Mas terá leve redução na produtividade devido intemperes climáticas e necessidade de replantio em algumas lavouras da região sul”, completa o analista.

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA