Entre feriados, mercado de soja deve seguir com poucos negócios

368

     Porto Alegre, 28 de dezembro de 2020 – O mercado brasileiro de soja deve ter mais um dia de poucos negócios, com a semana espremida entre os feriados de Natal e de Ano Novo. Na Bolsa de Mercadorias de Chicago, o cenário segue positivo aos preços, mas a alta é moderada neste segunda-feira. Já o dólar, outro importante formador de preços, ainda opera sem tendência definida frente ao real, oscilando entre os territórios positivo e negativo.

     Na última quarta-feira, os preços da soja voltaram a subir no mercado brasileiro, em que pese o ritmo muito moroso na comercialização ante as festividades e feriado de Natal. A soja subiu pela quinta sessão na Bolsa de Chicago, sendo que em quatro dias foram fortes altas, e o dólar em elevação completou o cenário positivo para os preços internos.

     Grande parte dos agentes está fora de mercado em recesso de final de ano. Destaque no dia para os preços da soja em Rio Grande batendo em R$ 150,00 a saca na safra nova para julho de 2021. Atenções também para a finalização do plantio em boa parte das regiões.

     Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 143,00 para R$ 144,00 a saca. Na região das Missões, a cotação passou de R$ 142,00 para R$ 143,00. No porto de Rio Grande, o preço avançou de R$ 148,00 para R$ 149,00.

     Em Cascavel, no Paraná, o preço subiu de R$ 141,00 para R$ 142,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca aumentou de R$ 146,00 para R$ 147,00.

     Em Rondonópolis (MT), a saca passou de R$ 152,00 para R$ 153,00. Em Dourados (MS), a cotação avançou de R$ 143,00 para R$ 144,00. Em Rio Verde (GO), a saca permaneceu em R$ 145,00.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em janeiro operam com alta de 0,292%, cotados a US$ 12,67 1/4 por bushel.

* O mercado estende os ganhos acumulados na última semana, quando atingiu, segundo a Agência Reuters, o melhor patamar desde junho de 2014, em meio à greve dos trabalhadores do setor de soja na Argentina – fato que prejudica as exportações do país – e à boa demanda por parte da China. Um movimento de realização de lucros, porém, limita os ganhos.

PREMIOS

* O prêmio em Paranaguá para janeiro ficou em 80 a 180 pontos acima de Chicago. Para fevereiro, o prêmio é de 72 a 80 pontos acima.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra valorização de 0,03% a R$ 5,2020.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, +0,02%. Tóquio, +0,74%.

* As principais bolsas na Europa operam em alta. Paris, +1,18%; e Frankfurt, +3,03%.

* O petróleo opera com ganhos. Janeiro do WTI em NY: US$ 48,57 o barril (+0,70%).

* O Dollar Index registra baixa de 0,10%, a 90,162 pontos.

AGENDA

—–Segunda-feira (28/12)

– Inspeções de exportação semanal dos EUA – USDA, 13hs.

– Resultado da balança comercial brasileira nas quatro primeiras semanas de dezembro – Ministério da Economia, 15hs.

—-Terça-feira (29/12)

– A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulga às 8h os dados do Indice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) referentes a dezembro.

—–Quarta-feira (30/12)

– Dados do desenvolvimento das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, no início do dia.

– A posição dos estoques de petróleo dos EUA até sexta-feira da semana passada será publicada às 12h30 pelo Departamento de Energia (DoE).

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Quinta-feira (31/12)

– Véspera de Ano-Novo.

—–Sexta-feira (01/01)

– Feriado de Ano-Novo.

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA