Escassez de oferta e clima seco devem sustentar preços do milho

99

     Porto Alegre, 7 de maio de 2021 O mercado brasileiro de milho deve fechar a semana com preços firmes, em meio ao quadro de oferta limitada e ao cenário de clima seco, que prejudica a safrinha. A alta na Bolsa de Chicago também ajuda a sustentar as cotações.

     Ontem (6), o mercado brasileiro de milho não alterou seu cenário. As cotações seguiram muito firmes com a oferta limitada. Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari, as regiões produtoras do milho safrinha seguem sem chuvas e crescem as perdas esperadas na produção. Assim, os produtores se mantêm contidos nas vendas e as cotações reagem.

     No Porto de Santos, o preço ficou na faixa de R$ 92,00 a R$ 105,00 a saca (CIF). Já no Porto de Paranaguá, cotação entre R$ 90,00/100,00.

     No Paraná, a cotação ficou em R$ 106,00/109,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 103,00/105,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 104,00/108,00 a saca.

     No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 101,00/103,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 97,00/100,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 95,00/R$ 97,00 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, preço ficou a R$ 85,00/90,00 a saca em Rondonópolis.

CHICAGO

* Os contratos com entrega em julho de 2021 operam com ganho de 5,25 centavos em relação ao fechamento anterior, ou 0,73%, cotada a US$ 7,24 por bushel..

* O mercado busca suporte nos temores quanto a um quadro de redução na oferta global de milho, em meio à estiagem registrada no Brasil, que afeta a safrinha.

* Ontem (6), os contratos de milho com entrega em julho/21 fecharam a US$ 7,18 3/4, alta de 10,25 centavos de dólar, ou 1,44%, em relação ao fechamento anterior..

CÂMBIO

*O dólar comercial registra baixa de 0,47% a R$ 5,2530.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, -0,65%. Tóquio, +0,09%.

* As principais bolsas na Europa registram índices firmes. Paris, +0,01%. Londres, +0,49%.

* O petróleo opera em baixa. Junho do WTI em NY: US$ 63,93 o barril (-1,18%).

* O Dollar Index registra perda de 0,63% a 90,38 pontos.

AGENDA

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Evolução da colheita de soja no Brasil – SAFRAS, na parte da tarde.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA