Exportações de carne bovina da Argentina aumentam 22% no 1T21 – Minerva

273

     Porto Alegre, 4 de maio de 2021 – As exportações argentinas de carne bovina totalizaram 145 mil toneladas no 1T21, crescimento de 22% na base anual. Em receita, as exportações totalizaram US$ 609 milhões no 1T21, estável quando comparado ao 1T20, segundo informações divulgadas pela Minerva Foods na publicação Panorama Setorial do 1o trimestre de 2021.

     Nesse primeiro trimestre de 2021, o principal destino das exportações foi a China, representando 59% do total e seguindo como o maior share do país. Em segundo temos Israel com 12% de share das exportações, seguido pelos mercados do Chile, da Alemanha e da Holanda.

     Nos três primeiros meses deste ano, o abate argentino de carne bovina totalizou 3,2 milhões de cabeças, estável na comparação anual. O preço médio do gado no país atingiu 282,8 pesos argentinos por kg, aumento de 32% ante o 4T20 e de 85% se comparado ao mesmo período de 2020. Vale ressaltar que o aumento significativo nos preços em moeda local reflete o impacto da alta inflação que atinge o país. Em dólares, o preço médio do gado alcançou US$ 3,2/kg.

     No mercado interno, o país seguiu sofrendo os reflexos da crise econômica, além das consequências relacionadas a pandemia. Desse modo, os produtos de menor custo unitário, como por exemplo patês e salsichas, seguiram como destaque no consumo de proteína animal da população argentina. As informações partem da Minerva Foods.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA