Frio e geadas centram atenções do mercado brasileiro de café

146

    Porto Alegre, 29 de julho de 2021 – O mercado brasileiro de café segue com as atenções todas voltadas para as baixas temperaturas. Os produtores avaliam possíveis perdas com as geadas dessa madrugada e com a possibilidade de novas incidências nos próximos dias. Com dólar e Nova York recuando, as cotações domésticas devem oscilar entre estáveis e mais baixas. A demanda doméstica limita quedas mais consistentes.

     O mercado apresentou preços firmes na quarta-feira, em que pese a queda do arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) e do dólar. Houve alguns negócios no dia e o mercado apresentou movimentação, com muita apreensão com as possíveis novas geadas nos próximos dias. A demanda garantiu suporte às cotações, inclusive com avanços no conilon e nos arábicas de qualidade mais baixa.

     No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa com 15% de catação terminou o dia em R$ 1.070,00/1.075,00 a saca, estável. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de R$ 1.080,00/1.085,00 a saca, sem mudanças.

     Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 790,00/800,00 a saca, contra R$ 780,00/790,00 de ontem. O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, ficou em R$ 590,00/600,00 a saca, no comparativo com R$ 580,00/585,00 do dia anterior.

COLHEITA

* A colheita de café da safra brasileira 2021/22 está em 77% até o dia 27 de julho. O número faz parte do levantamento semanal de SAFRAS & Mercado para a evolução da colheita da safra. Na semana anterior, a colheita estava em 69%.

* Tomando por base a estimativa de SAFRAS para a produção de café do Brasil em 2021/22, de 56,5 milhões de sacas de 60 quilos, é apontado que foram colhidas 43,57 milhões de sacas até o dia 27 de julho.

* A colheita está um pouco abaixo de igual período do ano passado (78%). Os trabalhos estão também atrasados frente à média dos últimos 5 anos, que é de 80%.

* Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Gil Barabach, o andamento dos trabalhos ganha intensidade, por conta do clima mais seco. A colheita de arábica chega a 66% da produção, contra 71% em igual época do ano passado e 73% da média histórica para o período. “A safra é de baixo volume, mas de boa qualidade na bebida e sem grandes problemas com a granação”, comenta.

* No conilon, os trabalhos alcançam 94% da produção, ainda abaixo dos 96% de igual período do ano passado. E também aquém dos 97% de média para o

período.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em setembro registram desvalorização de 1,39% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 197,65 centavos de dólar por libra-peso.

* Os contratos com entrega em setembro/2021 fecharam a quarta-feira a 200,45 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 1,30 centavo, ou de 0,6%.

CÂMBIO

*O dólar comercial registra baixa de 0,43% a R$ 5,088. O Dollar Index registra perda de 0,32% a 92,03 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram em alta. Xangai, +1,49%. Tóquio, +0,73%.

* As principais bolsas na Europa registram índices mais altos. Paris, +0,77%. Londres, +0,97%.

* O petróleo opera em alta. Setembro do WTI em NY: US$ 72,60 o barril (+0,3%).

AGENDA

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (30/07)

– Japão: A taxa de desemprego de junho será publicada na noite anterior pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicação.

– Alemanha: A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) de segundo trimestre de 2021 será publicada às 3h pelo Destatis.

– Eurozona: A taxa de desemprego de junho será publicada às 6h pela Eurostat.

– Eurozona: A leitura preliminar do índice de preços ao consumidor de julho será publicada às 6h pela Eurostat.

– Eurozona: A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre de 2021 será publicada às 6h pela Eurostat.

– Atualização da evolução das lavouras argentinas – Ministério da Agricultura, na parte da manhã.

– O IBGE divulga às 9h os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad contínua), que traz a taxa de desocupação referentes a junho.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA