Frio provoca geadas e temperaturas negativas no sul do Brasil

213

     Porto Alegre, 28 de julho de 2021, – A frente fria que trouxe chuvas ao sul do Brasil ontem avançou para o norte do Paraná e São Paulo, trazendo bom volumes de precipitações para as regiões sul, central e leste paulistas, de acordo com informações da Rural Clima.

     No Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sul do Paraná, o amanhecer de hoje foi gelado. O agrometeorologista da Rural Clima, Marco Antônio dos Santos, destaca que houve registro de geadas no norte gaúcho, em Santa Catarina e no sul e leste do Paraná. “Em Guarapuava, no Paraná, a mínima estava próxima de zero grau às 7h de hoje, situação similar à observada em Foz do Iguaçu e Ponta Grossa. Já em Santa Catarina, São Joaquim teve mínima de 7 graus negativos e Morro da Igreja de 8 graus negativos”, afirma.

     Com o enfraquecimento da frente fria a massa de ar polar ganha força e avançará mais para as regiões mais ao centro, sul e oeste de São Paulo amanhã, com tendência de temperaturas bastante baixas. “Há risco de geadas amplas amanhã em toda a região Sul do Brasil, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraguai”, afirma Santos.

     Na sexta-feira, com a volta do tempo mais firme no Brasil, a massa de ar polar avançará e pode atingir áreas de café, cana, laranja e hortaliças de São Paulo e Minas Gerais, com ocorrência de geadas. “O frio será sentido também no sul de Goiás, Triângulo Mineiro e norte do Mato Grosso, mas sem risco de geadas”, disse.

     A Rural Clima destaca que a massa de ar polar deve seguir atuando no Brasil nos próximos 7 a 8 dias, mantendo as temperaturas baixas no país, mas sem riscos de novas geadas.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA