Futuros do petróleo fecham em alta, mas acumulam perda semanal por pandemia

142

    Porto Alegre, 23 de abril de 2021 – Os preços dos contratos futuros de petróleo terminaram a sessão com 1% de elevação, embalados por sinais de recuperação da economia norte-americana e europeia, mas amargaram perdas na semana, pressionados pelas preocupações com o aumento de casos de covid-19, especialmente na India, e seus possíveis efeitos sobre a demanda por combustíveis.

   “Os mercados de petróleo estão tentando descobrir se a demanda vai aumentar ou não. A ideia da reabertura, é claro, foi o principal impulsionador, mas neste ponto é uma questão se a reabertura vai ter o ímpeto que se pensava, já que estamos começando a ver os números do novo coronavírus subirem na Ásia”, disse o analista da FX Empire, Christopher Lewis.

   A Índia registrou 332.730 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, marcando o maior aumento diário desde o início da pandemia, segundo o Ministério da Saúde do país. O número total de pessoas com teste positivo para o novo coronavírus na Índia chegou a 16.263.695, enquanto o número de mortos aumentou em 2.263, para 186.920 pessoas, ainda de acordo com o ministério.

   Esse aumento de casos acontece em um momento no qual a demanda por combustíveis ainda segue frágil no mundo mesmo após a Agência Internacional de Energia (AIE) revisar em alta suas projeções para este ano.

   Segundo a AIE, a melhoria do ambiente econômico apoiará uma recuperação na demanda global de petróleo de 5,4 milhões de barris por dia (bpd), ou 6% acima dos níveis de 2020. Apesar da recuperação, espera-se que a demanda em 2021 permaneça 3,2% abaixo dos níveis de 2019.

   “A demanda por petróleo pode continuar caindo e, francamente, tem sido um pouco decepcionante nos últimos tempos. Se o dólar também subir, isso também pode ser outro motivo para o recuo do petróleo. Por outro lado, se obtivermos um sinal verde quando se trata de apetite de risco, então testaremos as altas novamente”, acrescentou Lewis.

   O preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para junho subiu 1,16%, cotado a US$ 62,14 o barril, mas acumulou perda de 1,57% na semana. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para o mesmo mês avançou 1,09%, cotado a US$ 66,11 o barril, acumulando perda semanal de 0,99%.

     As informações partem da Agência CMA.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA