Futuros do petróleo fecham em alta turbinados por dólar, demanda, Irã e EUA

120

    Porto Alegre, 04 de junho de 2021 – Os preços dos contratos futuros do petróleo fecharam o dia em alta, com o WTI renovando máxima desde outubro 2018. Entre as razões para o avanço estão a perspectiva de recuperação da demanda com a retomada da economia global e o enfraquecimento do dólar – que beneficia commodities denominadas na moeda norte-americana para detentores de outras divisas.

   “O avanço dos preços foi alimentado por uma série de fatores, incluindo expectativas de aumento da demanda global, a decisão da Opep+ de manter os níveis de produção estáveis, a falta de progresso nas negociações entre os Estados Unidos e o Irã e relatórios indicando estabilidade da oferta norte-americana”, disse o analista da FX Empire, James Hyerczyk.

   Dados de hoje da Baker Hughes, empresa de serviços e consultoria na área petrolífera, mostraram que o número de plataformas de perfuração de

petróleo em operação nos Estados Unidos ficou estável na semana passada em relação à semana anterior, permanecendo em 359 unidades.

   Ainda do lado da oferta, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados – grupo conhecido como Opep+ – concordaram nesta semana em devolver outros 2,0 milhões de barris por dia ao mercado, reduzindo os cortes de oferta a 5,8 milhões de barris por dia depois de julho.

   Segundo a Opep+, o processo de vacinação contra a covid-19 em economias avançadas e a recuperação da demanda em países como os Estados Unidos e na Europa estão contribuindo para a queda de estoques e reequilíbrio do mercado de petróleo. 

   Também apoiou os futuros a lentidão nas negociações entre Irã e Estados Unidos para um retorno do acordo nuclear e a consequente suspensão de sanções. O Irã está em negociações com potências mundiais desde abril, trabalhando nas medidas que Teerã e Washington devem tomar em relação a sanções e atividades nucleares para voltar ao cumprimento total do pacto de 2015.

   Com isso, o preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para julho subiu 1,18%, cotado a US$ 69,62 o barril, encerrando a semana com ganho acumulado de 4,98%. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para agosto, avançou 0,81%, cotado a US$ 71,89 o barril, acumulando ganho semanal de 3,71%.

     As informações partem da Agência CMA.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA