Imea prevê área de soja do MT em 10,79 milhões de ha para 2021/22

158

     Porto Alegre, 1 de junho de 2021 – Neste levantamento o Imea trouxe a segunda estimativa de intenções de cultivo de soja para a safra futura, buscando atualizar as perspectivas quanto ao aumento na área cultivada na temporada 21/22. Diante dos dados coletados com os agentes de mercado e informantes do Instituto nas diferentes regiões do estado, a estimativa de área foi ampliada em 3,19% se comparado ao observado na safra 20/21, alcançando os 10,79 milhões de hectares.

     Dentre os fatores que levaram a esse incremento nesta expectativa de 0,38% ante ao mês anterior, observa-se a manutenção dos preços futuros em patamares elevados e a relação de troca favorável por determinados insumos, que favorecem a conversão de áreas de pastagens. Outros fatores que sustentam essa perspectiva são as vendas aceleradas de insumos e defensivos, além da comercialização de soja antecipada.

     Com relação às regiões do estado, o maior aumento de área fica com a região norte, que apontou um acréscimo de 3,29% ante ao relatório anterior e 14,47% com relação à temporada 20/21, o que sinaliza a disponibilidade de terras com possibilidade de conversão para agricultura nessa parte do estado. Já o nordeste apontou aumento de 4,17% ante ao ciclo anterior, seguida da sudeste com incremento de 3,70% no mesmo comparativo.

     Com relação às produtividades, para a safra 21/22 serão mantidas as 57,52 sc/ha do relatório anterior, variação de 0,17% acima do observado na temporada 20/21.

     Assim, com o aumento na área cultivada, a produção para Mato Grosso fica estimada em 37,26 milhões de toneladas, um acréscimo de 3,37% se comparada à safra 20/21 e de 0,39% ante à primeira estimativa de maio/21.

     As informações constam na Estimativa de Safra do Instituto Mato-grossense de Economia Agrícola.

     Revisão: Rodrigo Ramos / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA