Maior liquidez interna e menor oferta no Mercosul reduzem importação de arroz

150

     Porto Alegre, 7 de maio de 2021 – O mercado brasileiro de arroz voltou a mostrar queda nos preços na primeira semana de maio. Na média do Rio Grande do Sul, principal referencial nacional, a saca de 50 quilos de arroz em casca encerrou cotada a R$ 86,05, queda de 0,86% em relação a semana passada. Tem ainda recuo de 1,38% frente ao mesmo período do mês anterior e alta de 48,81% quando comparado ao mesmo momento do ano passado

     Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Gabriel Viana, a menor oferta de arroz paraguaio e os preços mais altos indicados por trades vêm travando muitas negociações de importação. “Ao mesmo tempo, temos visto maior liquidez no mercado doméstico, com produtores ofertando mais volumes”, adverte. “Com os preços recuando, a necessidade de importação também acaba sendo reduzida”. Pondera.

     As importações brasileiras de arroz base casca somaram 10,669 mil toneladas em abril (20 dias úteis), com média diária de 533,5 toneladas. O valor com as comprar no exterior totalizou US$ 2,873 milhões, com média diária de US$ 143,7 mil. As informações são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

     Em relação à igual período do ano anterior, houve recuo de 19,27% no volume diário importado (660,8 toneladas diárias em abril de 2020). Já a receita diária teve elevação de 18,7% (US$ 121,0 mil diários em abril de 2020).

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA