Mercado de soja abre cauteloso, aguardando dados do USDA

166

     Porto Alegre, 30 de junho de 2021 – O mercado brasileiro de soja deve ter um início de quarta de cautela, com os agentes aguardando o relatório de logo mais do USDA. Chicago recua e o dólar sobe nesse momento. Os negociadores devem esperar os dados do Departamento para retornar ao mercado.

     Os preços subiram nas principais regiões produtoras do Brasil na terça-feira. A alta foi determinada pela valorização modesta de Chicago e do dólar. Mas o dia foi mais uma vez vazio de oferta e de pouca liquidez.

     Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 146,00 para R$ 148,00. Na região das Missões, a cotação avançou de R$ 145,00 para R$ 147,00. No porto de Rio Grande, o preço aumentou de R$ 151,00 para R$ 153,00.

     Em Cascavel, no Paraná, o preço passou de R$ 146,50 para R$ 147,50 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca subiu de R$ 152,00 para R$ 154,00.

     Em Rondonópolis (MT), a saca avançou de R$ 142,00 para R$ 145,50. Em Dourados (MS), a cotação subiu de R$ 138,00 para R$ 140,00. Em Rio Verde (GO), a saca baixou de R$ 146,00 para R$ 145,00.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em novembro registram baixa de 0,74%, cotados a US$ 13,02 3/4 por bushel.

* O mercado chegou a registrar ganhos mais cedo, mas não se sustentou e reverteu para o território negativo. Pesa a expectativa de aumento na área plantada norte-americana, cujos números que serão divulgados nesta quarta, às 13 horas (horário de Brasília), pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

* O Departamento deverá indicar uma área plantada norte-americana com avanço sobre o ano anterior e na comparação com a intenção de plantio, divulgada em março.

* A previsão é compartilhada por analistas e corretores consultados pelas agências internacionais. Segundo a consulta, o USDA deverá indicar área de 89,150 milhões de acres, acima dos 83,084 milhões de acres cultivados em 2020.

* No final de março, o USDA divulgou o relatório de intenção de plantio. Naquela oportunidade, o Departamento apostava em uma área de 87,6 milhões de acres.

* O Departamento vai divulgar na quarta também o relatório para os estoques trimestrais americanos na posição 1o de junho. O mercado aponta estoques de 795 milhões de bushels. Em 1o de março, o estoque ficou em 1,564 bilhão e em junho do ano passado os produtores tinham 1,382 bilhão de bushels armazenados.

PREMIOS

* O prêmio em Paranaguá para julho ficou em +50 e +60 sobre Chicago. Para agosto, o prêmio é de +85 a +95.

CÂMBIO

*O dólar comercial registra alta de 0,91% a R$ 4,987. O Dollar Index registra ganho de 0,14% a 92,18 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, +0,50%. Tóquio, -0,07%.

* As principais bolsas na Europa registram índices em baixa. Paris, -0,48%. Londres, -0,46%

* O petróleo opera em alta. Agosto do WTI em NY: US$ 73,98 o barril (+1,38%).

AGENDA

– A posição dos estoques de petróleo dos EUA até sexta-feira da semana passada será publicada às 11h30min pelo Departamento de Energia (DoE).

– Estimativa de área plantada em 2021 nos EUA – USDA, 13hs.

– Estoques trimestrais de grãos dos EUA em 1 de junho – USDA, 13hs.

—–Quinta-feira (1/07)

– China: A bolsa de Hong Kong permanece fechada em função de um feriado.

– Eurozona:  A taxa de desemprego de maio será publicada às 6h pela Eurostat.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 9h30min.

– Balança comercial do Brasil de junho – Ministério da Economia, 15hs.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (2/07)

– Eurozona:  O índice de preços ao produtor de maio será publicado às 6h pela Eurostat.

– EUA: O resultado da balança comercial de maio será publicado às 9h30 pelo Departamento do Comércio.

– EUA: O número de empregos criados ou perdidos pela economia (payroll) e a taxa de desemprego referentes a junho serão publicados às 9h30 pelo Departamento do Trabalho.

– Atualização da evolução das lavouras argentinas – Ministério da Agricultura, na parte da manhã.

– O IBGE divulga às 9h os dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Industrial referentes a maio.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA