Mercado de soja deve ter dia lento, com Chicago realizando lucros

86

     Porto Alegre, 23 de abril de 2021 – Com Chicago realizando lucros após oito sessões de ganhos e com o dólar voltando a cair, a tendência é de uma sexta de poucos negócios no mercado brasileiro de soja. Após superaram a casa de R$ 180 nos portos, os preços podem sofrer um ajuste para baixo, buscando acomodação.

     Os preços da soja subiram nas principais praças do país na quinta, acompanhando os ganhos os contratos futuros em Chicago, que romperam a casa de US$ 15 por bushel. Mas a movimentação ainda esteve limitada, sentindo o impacto da queda do dólar e dos prêmios de exportação. Cerca de 50 mil toneladas trocaram de mãos.

     Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 171,50 para R$ 178,00. Na região das Missões, a cotação saltou de R$ 170,50 para R$ 177,00. No porto de Rio Grande, o preço avançou de R$ 177,50 para R$ 183,00.

     Em Cascavel, no Paraná, o preço subiu de R$ 172,00 para R$ 175,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca avançou de R$ 177,50 para R$ 183,00.

     Em Rondonópolis (MT), a saca passou de R$ 168,00 para R$ 170,00. Em Dourados (MS), a cotação subiu de R$ 163,00 para R$ 165,00. Em Rio Verde (GO), a saca aumentou de R$ 164,00 para R$ 165,00.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em julho operam com baixa de 0,34%, cotados a US$ 15,09 por bushel.

* O mercado embolsa parte dos lucros acumulados na semana. A posição maio, neste momento, tem alta acumulada de 6,7%.

PREMIOS

* O prêmio em Paranaguá para maio ficou em -25 e -8 sobre Chicago. Para junho, o prêmio é de +8 a +20.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra baixa de 0,43% a R$ 5,43.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, +0,26%. Tóquio, -0,57%.

* As principais bolsas na Europa registram cotações em baixa. Paris, -0,28%. Londres, -0,55%.

* O petróleo opera em alta. Junho do WTI em NY: US$ 61,59 o barril (+0,27%).

* O Dollar Index registra queda de 0,41% a 90,96 pontos.

AGENDA

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Evolução da colheita de soja no Brasil – SAFRAS, na parte da tarde.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA