Milho despenca mais de 5% em Chicago com bloqueio no Rio Mississippi

153

Porto Alegre, 13 de maio de 2021 – A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou a sessão de hoje com preços acentuadamente mais baixos. O mercado realizou os lucros acumulados recentemente. Ontem, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), em seu relatório de oferta e demanda de maio, estimou oferta global e dos EUA acima do esperado pelo mercado.

O mercado acelerou as vendas diante de notícias que indicam que o tráfego de navios e barcaças no Rio Mississippi está sendo bloqueado pela guarda costeira norte-americana devido a um problema estrutural em uma ponte que passa sobre o rio.

“O bloqueio traz problemas para o escoamento dos grãos produzidos no cinturão produtor norte-americano. Embora a maior parte das exportações

norte-americanas de soja desta temporada já tenham acontecido, a falta de prazo para a liberação do tráfego faz o mercado especular sobre possíveis problemas futuros para o escoamento da nova safra norte-americana, além de uma possível menor demanda internacional por grãos norte-americanos, caso o bloqueio persista por vários dias/semanas”, explica o analista de SAFRAS & Mercado, Luiz Fernando Roque.

As vendas líquidas norte-americanas de milho para a temporada comercial 2020/21, que tem início no dia 1o de setembro, ficaram em 113.400 toneladas na semana encerrada em 6 de maio. Representa um forte recuo frente à semana anterior e sobre a média das últimas quatro semanas, sendo o pior resultado do ano comercial.

Para 2021/22, foram mais 2.083.600 toneladas. Os analistas esperavam exportações entre 700 mil e 2,4 milhões de toneladas, somando-se as duas temporadas. As informações são do USDA.

Os contratos de milho com entrega em julho/21 fecharam a US$ 6,74 3/4, baixa de 40,00 centavos de dólar, ou 5,59%, em relação ao fechamento anterior. A posição setembro de 2021 fechou a sessão a US$ 5,83 por bushel, recuo de 38,50 centavos de dólar, ou 6,19%, em relação ao fechamento anterior.

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA