Milho na regional de Frederico Westphalen da Emater/RS tem perda estimada em 60%

174

Porto Alegre, 5 de janeiro de 2022 – As lavouras de milho da regional de Frederico Westphalen da Emater/RS tiveram perdas significativas devido à falta de chuvas. Segundo o gerente regional, o engenheiro agrônomo, Luciano Schwerz, que concedeu entrevista exclusiva à Agência SAFRAS, a área totaliza 88 mil hectares. A projeção inicial era de uma produtividade de 147 sacas por hectare. Agora, a estimativa é de 63 sacas por hectare, o que representa uma quebra de 60%. A colheita já atinge 30%.

O engenheiro agrônomo explica que as lavouras plantadas no início de agosto resistiram melhor à estiagem. As demais, que estão entrando em maturação, estão ruins. A colheita deve acontecer até fevereiro.

A região recebeu chuvas desuniformes nesta terça-feira. “Algumas regiões receberam de 30 a 35 milímetros; outras, 5 ou 6”, disse Schwerz. “A previsão indica possibilidade de algum volume para os dias 9 e 10 e para 17 ou 18 de janeiro. Parece que vai ter frequência semanal, mas os volumes devem ser baixos. Talvez seja suficiente para manter as culturas, mas não fará reposição hídrica”, ele finaliza observando que caso as previsões não se confirmem, os danos devem ser “muito severos”.

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA