Negócios com café devem seguir travados no Brasil

70

      Porto Alegre, 14 de janeiro de 2022 -A sexta deve ser de poucos negócios e de preços praticamente estabilizados no mercado brasileiro de café. Nova York tem leve baixa neste momento e o dólar pequena valorização.

     O mercado teve uma quinta-feira travada na comercialização. A volatilidade, com altos e baixos, e o fechamento com perdas expressivas para o arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) limitou as negociações no país. Houve poucos negócios e uma distância maior entre as bases de compra e venda.

      No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa com 15% de catação ficou em R$ 1.480,00/1.510,00 a saca, contra R$ 1.500,00/1.510,00 anteriormente. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de 1.500,00/1.520,00 a saca, no comparativo com R$ R$ 1.530,00/1.550,00 do dia anterior.

      Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 1.380,00/1.390,00 a saca, estável. O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, ficou em R$ 815,00/830,00 a saca, no comparativo com R$ 830,00/835,00 de ontem.

EXPORTAÇÕES

* A expectativa de SAFRAS & Mercado é que o Brasil embarque 34,4 milhões de sacas de café no ano comercial 2021/22 (julho/junho), somando verde e solúvel. Isso corresponde a uma queda de 18% em relação aos 46,4 milhões de sacas na temporada 20/21. “Mas é bom monitorar com atenção o fluxo de embarques nesses primeiros meses de 2022. A demanda externa ensaia uma menor procura por café brasileiro, sinalizando cobertura para os próximos meses com a chegada dos embarques atrasados e alongando estoques, formados com compras na safra recorde de 2020”, aponta o consultor de SAFRAS, Gil Barabach.

* Com isso, segue o consultor, parte dos compradores pretend só voltar com força aos portos do Brasil na entrada da safra 2022. “Assim, é possível ter uma performance externa aquém da esperada. Mas, lógico, que qualquer indicação de uma safra 2022 do Brasil abaixo da esperada, tende a alterar drasticamente a postura da demanda, trazendo mais compradores ao Brasil e elevando as chamadas posições de proteção física”, comenta.

* O Brasil embarcou 3,9 milhões de sacas de café em dezembro (verde + solúvel). Embora 22% acima do último mês de novembro, ainda ficou 14% abaixo de igual época de 2020, quando os embarques somaram 4,58 milhões de sacas. Os dados são da Secex. Na contramão da queda no volume, a receita com a venda externa de café subiu 34% na comparação com igual mês de 2020, alcançando US$ 782 milhões no último mês de dezembro. O Brasil fechou 2021 com exportações de café de 41,86 milhões de sacas e uma arrecadação de US$ 6,29 bilhões, o que corresponde a uma queda de 4% no volume e avanço de 15% na receita em relação ao ano de 2020.

* Já a performance da 1 metade do ano comercial 21/22 (julho/dezembro) aponta embarques de 19,7 milhões de sacas. Queda de 19% na comparação com igual período do ano passado. “A quebra na safra brasileira 2021 e os atrasos nos embarques, por conta do gargalo logístico, justificam essa performance mais fraca”, pondera Barabach. A receita com exportação de café subiu 13% e alcançou 3,35 bilhões entre julho e dezembro de 2021. A disparada no preço internacional explica o bom desempenho na receita, comenta o consultor.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em março registram baixa de 0,1% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 236,75 centavos de dólar por libra-peso.

* Os contratos com entrega em março/2022 fecharam a quinta-feira a 237,00 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 3,85 centavos, ou 1,6%.

CÂMBIO

*O dólar comercial opera com alta de 0,21% a R$ 5,541. O Dollar Index registra alta de 0,04% a 94,83 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram em baixa. Xangai, -0,96%. Tóquio, -1,28%.

* As principais bolsas na Europa registram índices fracos. Paris, -0,86%. Londres, -0,20%.

* O petróleo opera em alta. Fevereiro do WTI em NY: US$ 82,70 o barril (+0,7%).

AGENDA

– EUA: Os dados sobre a produção industrial em dezembro serão publicados às 11h15 pelo Federal Reserve.

– Atualização das estimativas para as safras brasileiras de milho e soja em 2021/22 – SAFRAS & Mercado, 12hs.

– Dados de desenvolvimento das lavouras no Mato Grosso – Imea, na parte da tarde.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2022 – Grupo CMA