NY sobe e deve sustentar preços domésticos do café

61

     Porto Alegre, 14 de outubro de 2021 – O mercado brasileiro de café deve se manter com preços firmes no Brasil nesta quinta. A movimentação deve ocorrer ainda em ritmo moderado, com os produtores segurando a oferta e aguardando por cotações ainda melhores. A alta em Nova York deve sustentar as cotações domésticas.

     Os preços dispararam no mercado físico na quarta-feira. As bases foram reajustadas após a significativa alta nos referenciais internacionais na terça-feira, quando o mercado brasileiro parou por conta do feriado nacional.

     Hoje, apesar do sobe e desce em Nova York e do recuo do dólar ante o real, os cafeicultores se mantiveram firmes em suas pedidas, ao mesmo tempo em que os compradores se mostraram mais agressivos, buscando recomposição e aceitando os novos preços.

     Assim, no sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa com 15% de catação terminou o dia em R$ 1.250,00/1.255,00 a saca, ante R$ 1.195,00/1.200,00 a saca na segunda-feira. No cerrado mineiro, arábica bebida dura com 15% de catação teve preço de R$ 1.260,00/1.265,00 a saca, contra R$ 1.200,00/1.205,00 a saca.

      Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 1.100,00/1.110,00 a saca, contra R$ 1.070,00/1.090,00 a saca. O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, ficou em R$ 830,00/835,00 a saca, estável.

NOVA YORK

* Os contratos com entrega em dezembro registram valorização de 1,55% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE), cotados a 211,85 centavos de dólar por libra-peso.

* O mercado se recupera das perdas da última sessão, buscando suporte em cobertura de posições.

CÂMBIO

*O dólar comercial registra baixa de 0,47% a R$ 5,483. O Dollar Index registra recuo de 0,16% a 93,93 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, -0,10%. Tóquio, +1,46%.

* As principais bolsas na Europa registram índices firmes. Paris, +1,04%. Londres, +0,78%.

* O petróleo opera em alta. Novembro do WTI em NY: US$ 81,38 o barril (+1,16%).

AGENDA

– China: A bolsa de Hong Kong permanece fechada em função de um feriado.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (15/10)

– Eurozona: A balança comercial de agosto será publicada às 6h pela Eurostat.

– IGP-10 de outubro – FGV, 8hs.

– O BC divulga às 9h o índice de atividade econômica (IBC-Br) referentes a agosto.

– Atualização da evolução das lavouras argentinas e levantamento mensal – Ministério da Agricultura, na parte da manhã.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 9h30min.

– Processamento de soja dos EUA em setembro – NOPA, 13hs

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Custos de produção de soja, milho, algodão e pecuária no MT – IMEA, 15hs.

– Estoques de café dos EUA em setembro – GCA, 16hs.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA