OIE reconhece mais seis estados como livres de febre aftosa sem vacinação – Mapa

230

     Porto Alegre, 27 de maio de 2021 – Em evento realizado na manhã de hoje, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento confirmou que a Organização Mundial de Sanidade Animal reconheceu aos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e o Bloco 1 dentro do Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa (PNEFA), que engloba Acre, Rondônia, parte do Amazonas e do Mato Grosso, o status de livre de febre aftosa sem vacinação.

     Segundo a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, agora, o Brasil passa a ter, mais seis estados, junto com Santa Catarina, com livres de febre aftosa sem vacinação. “O novo status trará o alcance de mais mercados ao Brasil”, comemora.

     De acordo com a Ministra, na bovinocultura serão agora 44 milhões de bovinos situados em áreas livres de febre aftosa do Brasil, contemplando 20,7% do rebanho. “Na suinocultura, a partir de agora, 47,2% do rebanho do país está situado nessas áreas livre da doença sem vacinação”, destaca.

     Tereza Cristina salienta ainda que, a partir de agora, o Brasil irá trabalhar ainda mais para em breve ter todos os estados livres de febre aftosa sem vacinação.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA