PIB da China do 2T21 sobe 7,9% ante 2T20, em linha com previsões

131

     Porto Alegre, 15 de julho de 2021 – O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 7,9% no segundo trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2020, indicando uma desaceleração na recuperação econômica. Os dados são do departamento oficial de estatísticas do país.

     O crescimento do PIB chinês veio em linha com a projeção dos analistas. No primeiro trimestre de 2021, houve alta de 18,3%. Em base trimestral, o PIB da China aumentou 1,3% no primeiro trimestre deste ano, uma aceleração após o avanço de 0,6% no período anterior.

     “Olhando para o crescimento do PIB de 7,9% ao ano no segundo trimestre de 2021 em comparação com 18,3% no primeiro trimestre, não vemos a economia geral como sendo particularmente fraca. O menor crescimento ano a ano deve-se principalmente à maior base do segundo trimestre de 2020 em relação ao trimestre anterior”, disse a analista do ING, Iris Pang.

     Segundo as analistas do Siciete Generale, Wei Yao e Michelle Lam, o PIB real cresceu 1,3% no trimestre, amplamente em linha com a tendência pré-pandêmica. “Um pequeno aspecto negativo que poderia ser mencionado é o atraso contínuo na recuperação do crescimento da renda familiar”, disseram.

     Elas destacaram ainda que os dados de junho da China aliviaram as preocupações sobre uma desaceleração notável após o corte surpresa da taxa de compulsório bancário (RRR) da semana passada.

     “Dados os dados decentes, o afrouxamento parece ser principalmente preventivo por enquanto. A campanha de desalavancagem continua e sua pressão descendente sobre habitação e infraestrutura está aumentando”, afirmaram.

     “Além disso, a variante delta de covid-19 aumenta o risco de surtos locais persistentes, e a política de tolerância zero da China significa que cortar cada surto local – por menor que seja – acarreta danos à confiança e custos econômicos, especialmente para o consumo”. As informações são da Agência CMA.

     Revisão: Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA