Plano climático de Biden abre portas ao maior mercado do mundo, diz John Kerry

140

    Porto Alegre, 23 de abril de 2021 – O plano climático do presidente norte-americano Joe Biden, abre portas para maior mercado do mundo, disse o enviado especial do presidente para o clima, John Kerry, na abertura do segundo dia da Cúpula de Lideres sobre o Clima, organizada pelos Estados Unidos.

   “A quantidade de ações e novos compromissos que ouvimos ontem foi francamente inspiradora. Acho que é justo dizer que é um novo começo na medida em que o mundo se move  em direção a ações necessárias para manter 1,5 graus Celsius como o limite do aquecimento do planeta”, disse Kerry.

   Segundo ele, governos e o setor privado estão antenados na urgência em combater as mudanças climáticas.

   “Mais do que isso, eles reconhecem a oportunidade econômica notável que temos aqui”, afirmou. “O maior mercado do mundo na história está se abrindo diante dos nossos próprios olhos agora e vai criar milhões de empregos de alta qualidade e bons salários no mundo, em especial em países que veem esta agenda”.

   Kerry disse ter conversado em nível ministerial com representantes de 63 países, incluindo economias ricas em petróleo e biodiversidade, bem como pequenas ilhas, de todas as regiões do mundo. Segundo ele, muitos notaram que as ações até agora não têm sido suficientes, com uma série de desafios climáticos como furações e inundações, e muitos não tem recursos para lidar com tais desafios.

   Ao mesmo tempo, muitos participantes mostraram-se otimistas com o futuro, coordenando ações regionais e deixando para trás a dependência de

combustíveis fósseis, e destacaram a importância da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática de 2021, também conhecida como COP 26, em Glasgow, em novembro.

   Entre os participantes de hoje no evento, o empresário Michael Bloomberg, também enviado especial para o clina da Organização das Nações Unidas (ONU), disse que o setor privado deve estar envolvido em metas climáticas ambiciosas.

   “Nossa empresa tem trabalhado para que o mercado mova mais capital para projetos verdes em todas as regiões globais”, disse. “Podemos vencer as mudanças climáticas com grande quantidade de investimentos”, trabalhando com parceiros públicos e privados, disse.

   Da mesma forma, o cofundador e filantropo da Microsoft, Bill Gates, apelou por novos investimentos públicos e privados em inovação para construir a infraestrutura necessária para atender às metas globais e do presidente Biden para evitar mudanças climáticas catastróficas.

   “Mudança climática é uma questão complexa, e usar apenas as tecnologias de hoje não nos permitirá atingir nossos objetivos ambiciosos”, disse, citando que são necessários novos produtos zero carbono que sejam acessíveis, pois hoje são muito mais caros do que suas contrapartes de combustíveis fósseis.

     As informações partem da Agência CMA.

Revisão: Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA