Preço do arroz segue caindo e importação pode aumentar por dólar

289

     Porto Alegre, 4 de junho de 2021 – O preço do arroz gaúcho continuou caindo na primeira semana de junho. “As indicações voltaram a recuar com a pressão de oferta doméstica”, destaca o analista de SAFRAS & Mercado, Gabriel Viana. “E agora, há maior facilidade para importação com o real se valorizando frente ao dólar”, acrescenta. Nesta sexta-feira, a moeda norte-americana se aproxima de R$ 5,05.

     Na média do Rio Grande do Sul, principal referencial nacional, a saca de 50 quilos do arroz em casca encerrou o dia 2 de junho cotada a R$ 78,30, queda de 2,85% em relação a semana passada. Tinha um recuo de 9,79% frente ao mesmo período do mês anterior e uma alta de 25,03% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

     As importações brasileiras de arroz base casca somaram 10,140 mil toneladas em maio (21 dias úteis), com média diária de 482,9 toneladas. O valor com as comprar no exterior totalizou US$ 2,819 milhões, com média diária de US$ 134,3 mil. As informações são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

     Em relação à igual período do ano anterior, houve recuo de 42,75% no volume diário importado (338,3 toneladas diárias em maio de 2020). Já a receita diária teve elevação de 109,82% (US$ 64 mil diários em maio de 2020).

     Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA