Previsão de superávit comercial em 2020 cai a US$ 56,15 bi – Focus

396

     Porto Alegre, 21 de dezembro de 2020 – Os economistas consultados pelo Banco Central reduziram a previsão para o superávit da balança comercial brasileira em 2020 pela segunda semana, de US$ 57,63 bilhões para US$ 56,15 bilhões, conforme o relatório de mercado Focus. Para 2021, a estimativa de saldo positivo caiu de US$ 56,50 bilhões para US$ 55,10 bilhões. Já para 2022, a previsão passou de US$ 49,45 bilhões para US$ 48,45 bilhões, na segunda semana de queda. Enquanto em 2023, a previsão seguiu em US$ 40,60 bilhões.

     Em relação ao saldo da conta corrente, a previsão para 2020 passou de déficit de US$ 4,45 bilhões para US$ 4,60 bilhões, na terceira queda seguida; para 2021, caiu pela segunda semana, de US$ 17,00 bilhões para US$ 17,40 bilhões; para 2022, passou de déficit de US$ 27,44 bilhões para US$ 28,27 bilhões, e em 2023, a previsão de saldo negativo das transações correntes caiu pela terceira vez seguida, de US$ 32,19 bilhões para US$ 33,60 bilhões.

     Por fim, a previsão para o ingresso de recursos externos, no âmbito do Investimento Direto no País (IDP), caiu de US$ 41,30 bilhões para US$ 40,0 bilhões em 2020; seguiu em US$ 60,00 bilhões em 2021 pela quinta vez e em US$ 70,00 bilhões em 2022, pela sexta semana. Enquanto para 2023, a estimativa referente ao aporte de capital estrangeiro no setor produtivo seguiu em US$ 75,00 bilhões. Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA