Raízen construirá, em São Paulo, 2ª planta de etanol celulósico

993

     Porto Alegre, 25 de junho de 2021 – A COSAN S.A. (B3: CSAN3; NYSE: CSAN) (“Cosan”) comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral que a Raízen S.A. (“Raízen”), co-controlada da Companhia, divulgou Comunicado ao Mercado com o título “Nova planta e contrato para comercialização de etanol celulósico”. Abaixo, encontra-se a íntegra do Comunicado:

     “A Raízen S.A., companhia aberta categoria A (“Raízen” ou “Companhia”), nos termos da Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, comunica ao mercado em geral que irá investir na construção de sua segunda planta de etanol celulósico (E2G) (“Planta de E2G”) com capacidade instalada para a produção de 82 milhões de litros por ano, correspondente ao dobro da capacidade de sua primeira planta. A planta será integrada ao parque de bioenergia Bonfim localizado em Guariba/SP, que além da produção de açúcar, etanol de primeira geração e energia elétrica a partir da biomassa da cana, também abriga a primeira planta de Biogás da Companhia, inaugurada em outubro de 2020. A previsão é que a Planta de E2G entre em operação em 2023. Com o início da operação desta segunda planta, a capacidade total de produção da Raízen será de aproximadamente 120 milhões de litros de etanol E2G por ano.

     O anúncio da nova planta atende a crescente demanda pelo produto no mercado internacional, com 91% do seu volume já comercializado em contrato de longo prazo com um player global de energia. Com o domínio da tecnologia, a Raízen se consolidará como o único produtor mundial a operar 2 plantas de etanol celulósico em escala industrial.”

     As informações são da assessoria em imprensa.

     Revisão: Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA