Ritmo de negócios no milho deve seguir calmo no Brasil

106

     Porto Alegre, 21 de outubro de 2021 – O mercado brasileiro de milho deve registrar negócios calmos nesta quarta-feira, em meio ao interesse limitado por parte dos consumidores. Com maiores ofertas no cenário doméstico, os preços devem manter o viés baixista.

     Ontem (20), o mercado brasileiro de milho não apresentou grandes mudanças nas cotações, mas o viés mostra-se de baixa. Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, o mercado ainda se depara com perspectiva de queda no curto prazo, o que é evidenciado pelo avanço da oferta em grande parte do país. “Os consumidores conseguem avançar em suas posições no decorrer da semana”, comenta.

     No Porto de Santos, o preço ficou na faixa de R$ 87,50 a R$ 91,00 a saca (CIF). Já no Porto de Paranaguá, cotação entre R$ 87,20/90,00.

     No Paraná, a cotação ficou em R$ 89,50/91,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 87,00/90,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 91,00/92,00 a saca.

     No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 89,00/91,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 89,00/91,00 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 81,80/R$ 83,00 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, preço ficou a R$ 76,00/78,00 a saca em Rondonópolis.

CHICAGO

* Os contratos com entrega em dezembro de 2021 operam com ganho de 4,25 centavos em relação ao fechamento anterior, ou 0,80%, cotada a US$ 5,34 1/2 por bushel.

* O mercado chegou a registrar perdas mais cedo, mas reagiu e se firmou no território positivo. O cereal busca uma recuperação frente às perdas de ontem.

* Ontem (19), os contratos de milho com entrega em dezembro fecharam a US$ 5,30 1/4 por bushel, baixa de 2,50 centavos de dólar, ou 0,46%, em relação ao fechamento anterior.

CÂMBIO

*O dólar comercial registra baixa de 0,12% a R$ 5,5880. O Dollar Index registra ganho de 0,08% a 93,81 pontos.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram mistas. Xangai, -0,17%. Tóquio, +0,14%.

* As principais bolsas na Europa registram índices firmes. Paris, +0,04%. Londres, +0,06%.

* O petróleo opera em baixa. Dezembro do WTI em NY: US$ 81,53 o barril (-1,10%).

AGENDA

– A posição dos estoques de petróleo dos EUA até sexta-feira da semana anterior será publicada às 11h30min pelo Departamento de Energia (DoE).

– O Livro Bege, relatório com uma avaliação da situação econômica, será publicado às 15h pelo Federal Reserve.

– Resultados de produção e vendas da Petrobras no 3 trimestre, no final do dia.

—–Quinta-feira (21/10)

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 9h30min.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (22/10)

– Japão: O índice de preços ao consumidor de setembro será publicado às 20h30 pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicação.

– Atualização da evolução das lavouras argentinas e levantamento mensal – Ministério da Agricultura, na parte da manhã.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Evolução do plantio de soja no Brasil – SAFRAS & Mercado, na parte da tarde.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA