Sem chuva há 20 dias, Goiatuba (GO) prevê quebra de 10% na safrinha de milho

245

     Porto Alegre, 6 de maio de 2021 – Sem chuvas há pelo menos 20 dias, a situação das lavouras de milho safrinha em Goiatuba, no sul de Goiás, piorou bastante e há expectativa de quebra de 10% frente ao potencial produtivo de 6.000 quilos por hectare previsto inicialmente. As informações partem da Emater local.

     De acordo com o engenheiro-agrônomo Alceu Marques Filho, os 25 mil hectares cultivados vêm sofrendo com a falta de chuvas, que não devem voltar à região nos próximos 15 dias, o que tende a agravar ainda mais o quadro. “No momento 50% das lavouras estão em enchimento de grãos, 30% em floração e 20% em crescimento vegetativo. Se não chover nos próximos 10 dias, essas lavouras mais atrasadas poderão ter perdas expressivas”, alerta.

     Com relação à safra de milho verão, a colheita em Goiatuba foi concluída na área cultivada de 1,5 mil hectares, com um rendimento médio ao redor de 7.200 quilos por hectare.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA