Sinais de demanda aquecida nos EUA sustentam trigo em Chicago

102

     Porto Alegre 5 de abril de 2021 – A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços mais altos. Mesmo com o clima favorável no Hemisfério Norte e com a expectativa de ampla oferta global, o mercado encontrou suporte hoje em notícias de boa demanda pelo cereal americano.

     Os exportadores privados norte-americanos reportaram ao Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) a venda de 130.000 toneladas de trigo duro vermelho de inverno para destinos não revelados. A operação tem entrega programada para 2021/22.

     As inspeções de exportação norte-americana de trigo chegaram a 594.032 toneladas na semana encerrada no dia 1 de abril, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado previa 425 mil toneladas. Na semana anterior, as inspeções de exportação de trigo haviam atingido 306.579 toneladas.

     No final do dia, o USDA vai divulgar o seu primeiro levantamento da temporada para as condições das lavouras americanas. A expectativa do mercado é de indicação de 53% das lavouras de inverno entre boas e excelentes condições.

     Os contratos com entrega em maio encerraram cotados a US$ 6,18 por bushel, alta de 7,00 centavos de dólar, ou 1,14%, em relação ao fechamento anterior. Os contratos com entrega em julho de 2021 eram negociados a US$ 6,13 1/2, com alta de 3,00 centavos de dólar ou 0,49%.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA