USDA deve indicar safra 2021/22 de soja dos EUA acima da anterior

181

     Porto Alegre, 11 de maio de 2021 – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) vai divulgar as suas primeiras estimativas de oferta e demanda de soja americana para a temporada 2021/22. O mercado aposta em números de produção e estoques acima dos obtidos em 2020/21. O relatório de maio do Departamento será divulgado nesta quarta, 12, às 13hs.

     Analistas consultados pelas agências internacionais apostam em produção de 4,441 bilhões de bushels em 2021/22, superando a safra 2020/21, que está estimada em 4,135 bilhões de bushels. Para os estoques, a previsão é de elevação, passando de 120 milhões previstos em abril para 2020/21 para 132 milhões de bushels na nova temporada. O número para a temporada 20/21 pode ser cortado para 118 milhões, segundo avaliação do mercado.

     Em relação ao quadro de oferta e demanda mundial da soja, o mercado aposta em estoques finais 2021/22 de 88,8 milhões de toneladas, superando as 86,9 milhões de toneladas indicadas para 2020/21. Esse último número não deverá ser modificado no próximo levantamento.

     A produção brasileira de soja em 2020/21 deverá ter sua estimativa elevada de 136 milhões para 136,1 milhões de toneladas. A safra argentina pode ter corte, passando de 47,5 milhões para 46,7 milhões de toneladas.

      Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA